segunda-feira, 25 de julho de 2011

A supremacia do cubano

A MÁQUINA
Jose Raúl Capablanca y Graupera foi sem dúvidas um excelente jogador de xadrez e em toda sua carreira perdeu menos de 50 partidas em torneios!!!

Apenas quatro jogadores ganharam duas ou mais partidas sérias para CAPABLANCA. mesmo assim nenhum deles saiu com o saldo vencedor. são eles:





Frank Marshall

Nasceu em Nova York, EUA. Desde os 10 anos de idade ele não deixava de jogar, no mínimo, um jogo de xadrez por dia. Ele fez sua estréia internacional em Paris-1900 aonde ele terminou em quarto e se tornou o jogador americano mais forte pelos próximos 30 anos. Seu grande sucesso foi primeiro em Cambridge Springs em 1904 na frente de Lasker e Pillsbury. Seu único interesse era o xadrez e a vida da família. Sua única fraqueza era uma tendência pela bebida, apesar de que ele nunca deixou isso interferir com sérios jogos. O Clube de Xadrez do Marshall, o qual ele fundou, é ainda localizado na 23 West-Rua 10 em Manhattan.


Saldo: Capablanca +20 -2 =28






Emanuel Lasker


Emanuel Lasker (Berlinchen, 24 de dezembro de 1868 — Nova Iorque, 11 de janeiro de 1941) foi um jogador de xadrez e matemático alemão. Em 1894, Lasker derrotou Wilhelm Steinitz com um resultado de 10 vitórias, 4 empates e 5 derrotas, o que lhe permitiu tornar-se o segundo campeão mundial de xadrez, além disso foi o jogador que manteve este título durante mais tempo, 27 anos. O seu registo de vitórias em torneios inclui vitórias em Londres (1899), São Petersburgo (1896 e 1914), Paris (1900), Nova Iorque (1924) e Nuremberga (1896).


Saldo: Capablanca +6 -2 = 16






ALEKHINE




Alexander Alexandrovich Alekhine (em russo: Александр Александрович Але́хин) (31 de Outubro ou 1 de Novembro de 1892, Moscovo, Rússia - 24 de Março de 1946, Estoril, Portugal) foi um jogador de xadrez franco-russo de grande nível, conhecido pelo seu estilo marcadamente atacante e campeão mundial de xadrez durante 17 anos.


Saldo: Capablanca +9 -7 =33










Rudolf Spielmann (5 de maio de 1883 — 20 de agosto de 1942) foi um enxadrista judeu nascido na Áustria e representante da Escola Romântica do enxadrismo.

Considerado o "mestre do ataque", era também conhecido como "o último cavaleiro do Gambito do Rei". Seu estilo de jogo audacioso era repleto de sacrifícios, brilhantismos e belíssimas idéias. Isto foi exemplificado, por exemplo, no torneio Carlsbad, 1923, onde ele não teve um único empate.


Saldo: +2 -2 =8

Um comentário:

Michael Douglas Ribeiro de Araujo disse...

pra mim o mais forte destes jogadores foi Em. Lasker